Categoria FintechBanco

Quais os Melhores Tipos de Investimento

Você sabe quais são os Melhores Tipos de Investimento? Não é novidade que a maioria das pessoas creem que a melhor destinação para seu dinheiro é a famosa poupança, mas sabia que deixando dinheiro na poupança você na realidade está “perdendo dinheiro”. Neste post você saberá como investir seu dinheiro de forma que realmente tenha lucro.

Existem diversos tipos de bons investimentos, dentre os principais temos os investimentos em renda fixa (LCI, LCA, CDB, CRI, CRA), além de renda variável e os famosos fundos de investimento etc.

 É uma boa quantidade de opções, e não se assuste com as siglas, não é nenhum bicho de 7 cabeças. E detalhe, todos esses investimentos rendem mais que a poupança.

Você verá como é simples de entender e investir e tenho certeza que ao menos uma das formas de investimento combina com você, fique até o final e conheça cada uma das formas de como investir de maneira detalhada.

Como investir em renda fixa? Quais os Melhores Tipos de Investimento?

Se você é do tipo que gosta de investir mas quer já saber previamente de quanto será seu lucro e em quanto tempo ele se dará, renda fixa é para você pois antes de investir você pode saber de quanto será seu rendimento e quando já pode retirar seu dinheiro.

Melhores Tipos de Investimento

Dentro da renda fixa existem alguns tipos de investimentos, cada um deles é destinado a um local e lhe trará um determinado rendimento. Vamos a alguns dos Melhores Tipos de Investimento.

O que é CDB?

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um tipo de investimento em que você empresta dinheiro para o banco e ele te paga por isso (obviamente ele usa esse dinheiro para investir e suprir o que ele vai te pagar). O valor mínimo para investir em CDB varia de acordo com o banco ou corretora em que é investido, mas no geral o valor inicial é de cerca de 100 reais, dos quais, grande parte rende a partir de 100% do CDI podendo chegar a render até mais de 10% ao ano.

O que vai definir o seu rendimento é o tempo que você vai deixar seu dinheiro lá, e isso já é pré-definido, como já citado nesse post. Por exemplo, você quer investir em CDB mas podendo tirar o dinheiro na hora que quiser, pois bem, existe a liquidez diária.

Mas você pode também optar por resgate (dia de sacar o dinheiro) de um ano até cinco anos, se quiser. Mas você pode pensar que deixar seu dinheiro em um banco por cinco anos é muito arriscado. E se o banco falir? Geralmente o investimento é assegurado pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que garante ressarcimento de até 250 mil reais por pessoa por instituição.

Uma coisa bacana do CDB é que existem bancos que emitem títulos de outros bancos como emissor, por exemplo, você pode investir em um tipo de CDB do banco BMG pelo Banco Inter. Com essas parcerias, a gama de investimentos fica gigantesca para você poder escolher.

O que é LCA e LCI?

Letras de Crédito Agropecuário (LCA). Sabe aquela pessoa que vai no banco pegar um empréstimo para aplica-lo na agricultura? (plantio de milho, por exemplo) então, através do investimento em LCA você está concedendo seu dinheiro ao Inter e o banco está emprestando esse dinheiro a agricultores.

No caso do investimento em Letras de Crédito Imobiliário (LCI) o processo é parecido com o de LCA, só que a finalidade do dinheiro é a construção de imóveis

Os investimentos em LCI e LCA, diferente do CDB, na maioria dos bancos que conheço não tem a opção de liquidez diária, o tempo mínimo de resgate é de ao menos 90 dias. O investimento mínimo também é de cerca de 100 reais. Existe uma gama muito grande de opções, inclusive com outros bancos como emissores, como no CDB, e com diversas porcentagens de rentabilidade, podendo chegar a render mais de 10% ao ano.

Esses são os títulos de renda fixa mais utilizados, mas ainda existem outros, como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), Certificado de Recebimento do Agronegócio (CRA) e Debêntures, as taxas de rendimentos variam, de acordo com o tempo de investimento e valor investido.

O que é Renda variável?

Falando dos Melhores Tipos de Investimento, não podemos esquecer da renda variável. No caso de investimento em renda fixa, as taxas não são pré-definidas, pois a renda é variável (obvio, mas necessário dizer). É por aqui que você investe na famosa bolsa de valores, por meio do Home Broker de um banco ou corretora. Hoje em dia a maioria das principais corretoras e bancos não cobram taxas, se atente a isso.

Aqui você usa a plataforma do banco ou corretora para ter acesso a bolsa de valores e escolher livremente em que empresa aplicar, as opções são diversas e os setores dos mais variados. Você pode investir no setor do varejo, em bancos, em petrolíferas. São mais de 300 opções de empresas para investir.

Existem ações que custam menos de 1 real. Para investir na bolsa é importante que você conheça a empresa em que vai investir, além de estar familiarizado com o setor em que ela se encontra, procure avaliar bem os dados da empresa e sua consistência, existem recomendações mensais feitas por especialistas, além de análises fundamentalistas e analise de gráfico.

Não precisa se cobrar demais, não é preciso ser perito em economia para começar. Baixe o aplicativo do seu banco ou corretora de preferência, faça sua conta, se familiarize com o funcionamento e comece devagar.

Só não vale usar a desculpa que não sabe, levanta e vá à luta, nada vai cair no seu colo de graça.

O que é um Fundo de investimento?

No fundo de investimento você não investe individualmente, e sim com mais investidores, todos juntos, as aplicações são somadas e formam o patrimônio do fundo e geridas por um administrador e um gestor, por isso existem taxas. O gestor é um especialista e decide quando e em que ativo investirá o patrimônio do fundo. Existem vários tipos de fundos (renda fixa, multimercado, cambiais e de ações) com valores mínimos de investimento e prazos de resgate. O Fundo garantidor de Crédito não cobre os fundos de investimentos.

Tendo lido até aqui você já sabe o que é renda fixa e o mercado de ações, então sabe onde o gestor está investindo, vou explicar um pouco sobre os fundos de multimercado e os cambiais.

Os Fundos de Multimercado são os que buscam lucros mais elevados, pois aqui o gestor vai investir em diversos setores, desde os títulos de renda fixa, renda variável e câmbio.

Os fundos de câmbio, ou cambial é um fundo que investe em ativos que estão ligados a moedas estrangeiras, como o dólar, por exemplo.

Esses são alguns dos Melhores Tipos de Investimento que existem, espero que tenha gostado, até o próximo post.

Cleverton Ferreira

Ver comentários

Postagens Recentes

Conheça o Banco Itaú. O Banco do Alfredo Egydio

Hoje, após ler este post, você verá que o título conheça o banco Itaú é…

5 meses atrás

Tudo Sobre o PayPal em 3 Tópicos- E o Carro que foi Para o Espaço

Vamos para mais um post, dessa vez você vai conhecer tudo sobre o PayPal, uma…

7 meses atrás

Tudo Sobre o Banco do Brasil em 5 Pontos- E a Relação do BB Com o Príncipe

Tudo sobre o Banco do Brasil Foi com 1,200 contos de réis que o Banco…

7 meses atrás

Descubra um Segredo! Como Ganhar Dinheiro na PagBank?

A PagBank é a conta da UOL, que acredito que você já conheça, mas nosso…

7 meses atrás

Mercado Pago é Bom? DESCUBRA Toda Verdade Sobre Essa Empresa

Antes de irmos de fato para a questão central do título desse post, ou seja,…

7 meses atrás

Como Fazer PIX No Neon? Em Menos de 75 Passos!

Através deste blog você já descobriu as principais funcionalidades do banco Neon. Neste post você…

7 meses atrás